Político-administrativo

Ipead UFMG divulga índices de preços de novembro e Pesquisa Especial do Natal

O Ipead UFMG realiza no dia 6 de dezembro, às 15h, em entrevista coletiva à imprensa, divulgação de índices de preços de novembro e dados sobre o Natal.

Segundo informações antecipadas pelo órgão, o custo de vida em Belo Horizonte, medido pelo IPCA, apresentou a maior queda já registrada para o mês de novembro, desde 1994.

O produto/serviço energia elétrica foi o que mais contribuiu para a deflação registrada em novembro, com redução próxima a 8% no mês, resultado da alteração da bandeira vermelha para amarela.

Presentes

Pesquisa especial constata que a maior parte dos entrevistados pretende presentear alguma pessoa no natal, sendo esse percentual o  mais alto dos últimos quatro anos.

O IPCA permanece dentro da meta de 4,5%, no acumulado do ano, e recuou no acumulado dos últimos 12 meses,  estando abaixo de 5%.

As componentes “Emprego” e “Situação econômica do país” foram as que mais contribuíram para o aumento do ICC-BH do mês de novembro ,com variação superior a 14%.

O custo da cesta básica apresenta nova alta no mês de novembro. O principal responsável pelo aumento do preço da  cesta  foi o tomate Santa Cruz.

A taxa básica de juros, Selic, permanece em 6,5% ao ano desde a última reunião do Copom. Trata-se da menor de toda a série histórica do Banco Central, iniciada em junho de 1996.

(Fonte: Assessoria de Comunicação da Fundação Ipead)