Notícias Externas

Alinhamento automático com EUA pode prejudicar Brasil, avalia colunista

Prof. Carlos Ranulfo analisa movimentação do futuro governo nas relações exteriores

Futuro ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo
Futuro ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo Valter Campanato | Agência Brasil

Na coluna de Política desta semana, o pesquisador do Centro de Estudos Legislativos da UFMG, professor Carlos Ranulfo, analisa o alinhamento automático que se desenha entre o governo de Bolsonaro e o governo Trump, nos Estados Unidos. Para o cientista político, o Brasil pode perder parceiros ao priorizar somente a maior potência do continente.

Ouça entrevista concedida ao jornalista Vinícius Luiz