Notícias Externas

Falta de planejamento está por trás dos estragos causados pela chuva em BH

Volume de chuva já ultrapassou o previsto para o mês de março em seis das nove regionais da capital

Agente da BHTrans monitora Ribeirão do Onça, no bairro São Gabriel.
Agente da BHTrans monitora Ribeirão do Onça, no bairro São Gabriel. Cláudio Farias I BHTRANS

As chuvas continuam intensas em Belo Horizonte neste início de março. A regional Oeste é a que tem maior o volume de chuva acumulado até agora, com 318 milímetros, o equivalente a 195% do previsto para março na região. 

Como consequência, os estragos se multiplicam pela cidade: o último boletim da Defesa Civil registrou 36 ocorrências da madrugada de ontem até a manhã de hoje, entre erosões, risco de desabamento de moradia e queda de árvores. 

Para a professora da Escola de Arquitetura e Urbanismo da UFMG, Fernanda de Moraes, as ações da prefeitura precisam ser planejadas a longo prazo para evitar os transtornos causados pela chuva. 

Ouça a reportagem de Samuel Sousa