Notícias Externas

Fascismo e nazismo eram ideologias de direita ou de esquerda?

Segunda reportagem da série sobre 100 anos do fascismo ouviu especialistas sobre polêmica levantada por Jair Bolsonaro

Hitler e suas tropas. No livro Minha Luta, ditador defendeu aniquilamento de esquerdistas
Hitler e suas tropas. No livro Minha Luta, ditador defendeu aniquilamento de esquerdistas Bundesarchiv, Bild 183-1983-0210-507 I CC-BY-SA 3.0

Em visita a Israel, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o nazismo é uma ideologia de esquerda, repetindo o mesmo discurso do chanceler Ernesto Araújo. O argumento se baseia, principalmente, na presença do termo socialismo no nome do partido nazista.  A associação do nazismo e do fascismo à esquerda tem provocado discussões no Brasil. A reportagem de hoje da série Fascismo: 100 anos discute essa falsa polêmica. 

Especialistas ouvidos pela UFMG Educativa contrariam a fala do presidente. Para eles, soa absurdo a associação do nazismo e do fascismo à esquerda. Eles esclarecem, no entanto, que há alguns elementos históricos que contribuem para essa confusão, como o fato de que alguns membros do partido fascista italiano, incluindo o ditador Benito Mussolini, fizeram parte do movimento socialista antes de fundarem o fascismo.  

Ouça a reportagem de Samuel Sousa

(*Com produção de Paula Alkmim)

Segundo Hitler, cor vermelha no símbolo do partido nazista foi proposital para revoltar a esquerda
Segundo Hitler, cor vermelha no símbolo do partido nazista foi proposital para revoltar a esquerda Domínio público

Você sabia?

Muitas vezes utilizados quase como sinônimos, o nazismo e o fascismo não eram exatamente a mesma coisa. Ouvimos dois especialistas para entender essa diferença: 

Professor italiano Gianni Fresu, doutor em filosofia e professor da Universidade Federal de Uberlândia.
Professor italiano da Universidade Federal do Ceará Fábio Gentile

Amanhã, no Jornal UFMG, a partir de 12h30, a terceira reportagem da série Fascismo: 100 anos discute a influência da ideologia no Brasil. A primeira reportagem, veiculada na segunda-feira, abordou as origens e os significados do fascismo.