Notícias Externas

Fatores socioeconômicos determinam nota do Enem, diz estudo

Pesquisa cruzou dados de participantes do exame com Censo Escolar

Escola

Agência Brasil | Arquivo

Condições socioeconômicas de estudantes que concorrem ao Enem afetam em até 85% o resultado final no exame. É o que mostra estudo desenvolvido pelo cientista de dados e mestre em Economia pela Universidade de Brasília, Leonardo Sales. A pesquisa leva em contas fatores como a renda de cada aluno, se a escola é pública ou privada e se a família incentiva ou não os estudos. 

Depois de analisar os dados socioeconômicos da inscrição de mais de 1 milhão de participantes do Enem 2017, disponibilizados pelo Inep, o instituto que realiza a prova, e correlacionar com o resultado dos estudantes e a qualidade das escolas pelo Censo Escolar 2017, o pesquisador percebeu que antes mesmo de fazerem o Exame, cada participante já possui uma média de desempenho. A diferença entre a nota real e a calculada antes varia em média apenas 48 pontos para mais ou para menos. 


Ouça reportagem de Isabela Abalen