Arte e Cultura

Grupo de dança Primeiro Ato comemora 35 anos com dois espetáculos

'Passagem' e 'InstHabilidade' serão apresentados nesta quarta e quinta-feira em BH

'InstHabilidade', inspirado nos movimentos naturais e constantes da vida
'InstHabilidade', inspirado nos movimentos naturais e constantes da vida Chris Birchal | Divulgação

O grupo de dança Primeiro Ato comemora sua trajetória de 35 anos com a apresentação de dois espetáculos: Passagem, nesta quarta-feira, 11, com entrada gratuita, e InstHabilidade, nesta quinta-feira, 12, com ingressos sendo vendidos a partir de R$ 8.

Desde a sua fundação, já são 22 espetáculos montados, 20 anos do projeto socioeducativo Dançando na Escola, 7 anos do evento Garimpo das Artes e 35 anos do Centro de Dança - espaço de formação artística por onde já passaram mais de 10 mil alunos jovens e adultos.

"É uma história que começa com um desejo de desenvolver uma assinatura própria dentro da dança, que fosse mais próxima dos criadores e dos corpos brasileiros, com uma linguagem que fosse própria de Belo Horizonte", conta a bailarina e assistente de direção do Primeiro Ato, Marcela Rosa, em entrevista ao programa Conexões desta terça-feira, 10.

Marcela explica que o trabalho de criação de novos espetáculos convive em harmonia com os projetos artísticos e sociais de formação de novos bailarinos. "O grupo tem uma linguagem contemporânea. Mas, na escola, trabalhamos com vários estilos, como o jazz, sapateado, clássico e danças urbanas. Pensamos na formação humana e na possibilidade de expressão de cada um dentro da dança", diz.

Ouça a conversa com Luíza Glória

Saiba mais sobre a temporada dos 35 anos do Primeiro Ato neste link.