Notícias Externas

Kandandu: abertura do carnaval de Belo Horizonte celebra blocos afro

Encontro de agremiações utiliza palavra do kimbundu para falar de união

Fundado em 2013, Afoxé Bandarerê é uma das atrações do evento
Fundado em 2013, Afoxé Bandarerê é uma das atrações do evento Afoxé Bandarerê | Divulgação

A palavra "Kandandu" significa abraço na língua africana kimbundu e vai muito além do contato físico entre dois corpos. Ela tem a ver também com a união de filosofias, ideais, conhecimentos e vivências por meio da ancestralidade africana. Por ter esse significado, o encontro de blocos afro que abre oficialmente o carnaval em Belo Horizonte nesta sexta-feira, leva esse nome, Kandandu!

A partir das 18h, na Praça da Estação, se revezam no palco principal do Carnaval de BH, os blocos Afoxé Bandarerê, Angola Jânga, Magia Negra, Fala Tambor, Samba da Meia-Noite. Muito mais que o carnaval, os blocos buscam resgatar valores da cultura afro-brasileira em ações durante todo ano. 
 

Ouça a reportagem de Samuel Sousa