Notícias Externas

Minas Gerais registra queda no número de crianças e adolescentes desaparecidos

Integração entre órgãos estaduais é fundamental para efetividade de ações

Criança em ação durante oficina de cartuns em libras, em 2017
É preciso estar atento à rotina das crianças e dos adolescentes
Isabelle Chagas / Espaço do Conhecimento UFMG

Tramita no Senado projeto de lei que Institui a Política Nacional de Busca de Pessoas Desaparecidas. O objetivo da proposta é unificar as informações sobre o tema, de maneira atualizada, por meio da cooperação dos órgãos competentes de todo o país. A proposta prevê medidas específicas para os casos de crianças e adolescentes. Com cerca de 50 mil registros por ano, entidades defendem que a questão precisa ser melhor tratada. 

Minas Gerais observa uma queda no número de crianças e adolescentes desaparecidos.  Dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública revelam que a diminuição não é tão expressiva, mas ocorreu nas duas faixas etárias analisadas pela pasta. Os números mostram ainda uma grande diferença quando comparada a quantidade de casos relacionados às crianças e aos adolescentes. Há um aumento de mais de 10 vezes. 

Ouça reportagem de Larissa Arantes