Notícias Externas

Ocupação Carolina Maria de Jesus recebe proposta para retirada de famílias

Governo do estado ofertou terrenos e aluguel social

Prédio da Ocupação Carolina Maria de Jesus, na avenida Afonso Pena
Prédio da Ocupação Carolina Maria de Jesus, na avenida Afonso Pena Movimento de Lutas nos Bairros | Reprodução

As 200 famílias que moram na Ocupação Carolina Maria de Jesus, no centro da capital, não querem deixar o prédio até que o Governo do Estado disponibilize outro imóvel no mesmo bairro. A ocupação existe há cerca de oito meses e fica em um prédio na Avenida Afonso Pena que pertence ao fundo de pensão Sistel. Uma ordem de reintegração de posse já foi expedida pela Justiça. 

Na última negociação, o Governo do Estado propôs, entre outros pontos, a destinação de duas áreas cedidas pelo Executivo Estadual e pela Prefeitura de Belo Horizonte para construção de moradias: na região do Barreiro e no bairro Olhos d'água.

Ouça a reportagem de Alicianne Gonçalves