Arte e Cultura

Show da banda ‘The pulso in chamas’ abre 12º Festival de Verão da UFMG

Repertório contempla diversas causas, como a das mulheres, dos negros e de pessoas LGBTQIA

The pulso in chamas: discursos e causas
The pulso in chamas: discursos e causas Foto: Diego Ribeiro

Formada por artistas queers, homens e mulheres, que performam a arte drag na cena LGBTQIA de Belo Horizonte, a banda The pulso in chamas se apresenta nesta segunda-feira, 5, na abertura do 12º Festival de Verão da UFMG.

A banda traz em seu repertório músicas e discursos que representam diversas causas, como a das mulheres, dos negros e de pessoas LGBTQIA (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros, Queer, Intersexuais e Assexuais).

O produtor Junim Ribeiro, guitarrista da banda que encarna a Miss Africa, falou sobre a apresentação em participação no programa Expresso 104,5, da Rádio UFMG Educativa.

Ouça a conversa com Filipe Sartoreto

Outras informações sobre a programação podem ser consultadas no site do Festival de Verão ou obtidas pelo telefone (31) 3409-4220. Novidades sobre o Festival de Verão da UFMG também podem ser acompanhadas no Facebook, no Twitter e no Instagram.