A pandemia do novo coronavírus impactou a dinâmica laboral na UFMG, que precisou adotar modelos de trabalho remoto para dar continuidade às suas atividades, seja a distância ou presencialmente. Em todo o mundo, vários trabalhadores precisaram se adaptar a essa nova realidade de trabalhar em casa para evitar o risco de contaminação e reduzir aglomerações. Confira algumas dicas e orientações para que o trabalho remoto seja desempenhado com qualidade. Se estiver tendo dificuldade de lidar com a situação, não deixe de pedir ajuda.

  1. Orientações aos gestores e trabalhadores da UFMG

    Realizar reuniões virtuais periódicas, orientar quanto diretrizes e prioridades do trabalho remoto, estabelecer um diálogo com a equipe sobre as dificuldades e expectativas relacionadas à realização do trabalho remoto e construir coletivamente estratégias de superação das dificuldades são algumas das orientações do Departamento de Desenvolvimento de Recursos Humanos (DRH) da Pró-Reitoria de Recursos Humanos (PRORH) da UFMG direcionadas aos gestores e diretores de unidades para esse momento atípico.

    Para os trabalhadores, as recomendações envolvem dialogar com a chefia sobre possíveis dificuldades para a realização do trabalho remoto (condições físicas, tecnológicas, organização familiar, etc), estabelecer uma rotina e horário regular para o trabalho remoto e não se cobrar demasiadamente, sempre reconhecendo seus limites.

    Confira mais dicas e orientações para gestores e trabalhadores em trabalho remoto e presencial neste material.

  2. Qualidade de vida no trabalho remoto: dicas de ergonomia e saúde

    A pandemia de Covid-19 tem demandado que os trabalhadores lidem com novas situações. Quem está desempenhando suas atividades laborais remotamente provavelmente precisou se adaptar ao trabalho dentro do ambiente doméstico. Mas como preparar um ambiente favorável para o trabalho remoto e otimizar o desempenho de suas atividades?

    O Núcleo de Educação Permanente em Saúde do Trabalhador (NEPSaT) do Departamento de Atenção à Saúde do Trabalhador da Pró-reitoria de Recursos Humanos (DAST/PRORH) está produzindo cartilhas com orientações para a adaptação do ambiente de trabalho remoto, favorecendo o bem-estar e a qualidade de vida dos trabalhadores, com sugestões e reflexões. É importante que o trabalhador considere as suas individualidades. Confira algumas dicas:


    Ambiente de trabalho 

    - Dê preferência a um cômodo com baixo nível de ruído, boa iluminação natural (ou iluminação artificial) e bem ventilado para proporcionar o maior conforto possível.

    - Observe o mobiliário disponível neste ambiente ou a possibilidade de trazer mobília de outros cômodos para o local escolhido.

    - Prefira mobiliário de escritório, que geralmente possui rodízios, apoio para braços e alavancas para ajustes ergonômicos. Se não tiver opção de mobiliário de escritório, é possível fazer adaptações e utilizar a própria mobília doméstica para criar um espaço confortável para o trabalho.

    - Tente escolher um cômodo para o qual você possa “ir trabalhar”, ou seja, diferente do seu ambiente de descanso (evite, por exemplo, trabalhar no seu quarto de dormir).

    Na cartilha Cuidando da Saúde no Trabalho Remoto - Orientações Ergonômicas você confere quais tipos de cadeira utilizar (comum x de escritório), altura adequada de mesas e ajuste de equipamentos para o trabalho remoto.


    Evitando dores musculares

    - Permanecer muitas horas na mesma posição pode gerar desconfortos osteomusculares. Movimentos podem ser realizados para auxiliar na redução do acúmulo da fadiga e compensar posturas estáticas, geradas pelo trabalho com o uso do computador. Esses movimentos podem ser realizados, por exemplo, nas pausas durante sua jornada de trabalho. Na cartilha Cuidando da Saúde no Trabalho Remoto - Orientações Ergonômicas você confere dicas de movimentos e alongamentos para várias partes do corpo e orientações em caso de dores musculares.


    Acesse as cartilhas e compartilhe na sua unidade:

    Cuidando da Saúde no Trabalho Remoto - Orientações Ergonômicas

  3. Plataformas de videoconferência para reuniões on-line

    Desde o início do isolamento social, foi necessário buscar alternativas para substituir encontros presenciais, inclusive no âmbito acadêmico. Para auxiliar a comunidade UFMG na escolha da melhor estrutura para a videoconferência, o Centro de Computação (Cecom) selecionou quatro plataformas como alternativas para a comunidade acadêmica: conferência Web na RNP, Teams da Microsoft, Google Meet e Zoom.

    A UFMG aderiu ao serviço gratuito disponibilizado pela Microsoft para a utilização dos softwares Office 365 (Word, Excel, PowerPoint e OneNote). Além deles, para atividades acadêmicas não presenciais, está disponível o Microsoft Teams, que pode ser utilizado para reuniões, aulas ou conferências.

  4. Cursos de capacitação para servidores e público em geral

    O Departamento de Desenvolvimento de Recursos Humanos (DRH) da Pró-Reitoria de Recursos Humanos (PRORH) da UFMG preparou uma lista com vários cursos on-line oferecidos gratuitamente por instituições de ensino superior, organizações sem fins lucrativos, escolas de governo e outras plataformas, com temas vinculados à atuação no serviço público e aplicáveis à realidade universitária, destinados a servidores da UFMG e que também podem ser cursados pelo público em geral.

  5. Guias e recursos pedagógicos para a educação a distância

    O Programa Integração Docente oferece aos estudantes e docentes da Universidade ferramentas, metodologias, informações e capacitações sobre acesso à plataforma Moodle, recursos disponibilizados no espaço UFMGVirtual, tutoriais, manuais, oficinas, webinars e fóruns. O programa disponibiliza ainda:

    - Guia para ensino remoto emergencial nos cursos de graduação organizado em três partes com 26 diretrizes para os docentes, sobre estratégias de ensino-aprendizagem, de uso de tecnologias digitais de informação e comunicação e de ambientes virtuais de aprendizagem, de processos avaliativos e acompanhamento, de distribuição de carga horária e de aferição de assiduidade para realização das atividades remotas. Há ainda referências de organização e planejamento de ensino e recomendações sobre as tecnologias disponíveis para sua realização no âmbito do ensino remoto, e subsídios teóricos sobre concepções de ensino-aprendizagem, avaliação e tecnologias digitais no ensino.

    - Guia de acessibilidade com as orientações do Núcleo de Acessibilidade e Inclusão (NAI) sobre como organizar suas práticas de ensino garantindo o acesso e permanência dos estudantes com deficiência.

    Balanço do projeto, de 29 de julho de 2020:

    Durante a pandemia, 850 docentes foram atendidos em minicursos e oficinas on-line, milhares de docentes e demais membros da comunidade acadêmica acompanharam cinco fóruns on-line, cinco webinars e duas webconferências. Além disso, mais de 1,5 mil usuários do Minha UFMG acessaram os tutoriais sobre o Moodle e demais recursos disponibilizados no espaço UFMGVirtual e 450 estudantes foram atendidos na oficina Gestão do Tempo. Também foram elaborados um guia exclusivo para os estudantes sobre etiqueta e interação no Moodle no contexto do ensino remoto e vários guias e ações das unidades acadêmicas sobre ferramentas digitais para o ensino.

    O projeto é concebido pela Pró-Reitoria de Graduação (Prograd), por meio da Diretoria de Inovação e Metodologias de Ensino (GIZ), Centro de Apoio à Educação a Distância (Caed) e Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI).


    Ebooks sobre educação a distância

    O Caed publicou, em parceria com a Editora UFMG, onze ebooks sobre temas ligados à educação a distância, incluindo uma introdução à modalidade, a evolução de seus principais conceitos e produção de materiais didáticos. Para auxiliar professores interessados em ofertar disciplinas a distância, o Caed desenvolveu ainda o Espaço Disciplinas EaD no Ensino Presencial, ambiente com orientações como o passo a passo para o planejamento da matéria, os recursos que podem ser empregados e fóruns para interação com outros inscritos e com os membros da Assessoria Pedagógica do Centro para esclarecimento de dúvidas.


    Parceria UFMG e Microsoft

    A UFMG aderiu ao serviço gratuito disponibilizado pela Microsoft para a utilização dos softwares Office 365 (Word, Excel, PowerPoint e OneNote). Além deles, para atividades acadêmicas não presenciais, está disponível o Microsoft Teams, que pode ser utilizado para reuniões, aulas ou conferências.

Seminários Vida e Trabalho Remoto no Contexto da Pandemia

A Pró-reitoria de Recursos Humanos (PRORH) está promovendo uma série de seminários on-line destinados a servidores docentes e técnico-administrativos da UFMG sobre vida e trabalho em tempos de pandemia. Confira a agenda e os slides apresentados pelos convidados. Assista aos eventos já realizados:

  1. Home x Office - 04/08/20

    Palestras:

    - Psicóloga Suzan Caroline Ribeiro, do Departamento de Atenção à Saúde do Trabalhador (Dast) da UFMG, aborda "A ansiedade em tempos de trabalho remoto: usos do Mindfulness como estratégia de cuidado".

    - "Eu, família e trabalho em tempos de pandemia" será o tema da exposição do professor Santer Álvares, do Núcleo de Ciências do Centro Pedagógico.

    - Professora Carla Spagnol, do Departamento de Enfermagem Aplicada da Escola de Enfermagem, discorre sobre "A importância da pausa no trabalho presencial ou remoto."

    - Mediação: pró-reitora de Recursos Humanos Maria Márcia Machado e pró-reitora adjunta de Recursos Humanos Leonor Gonçalves.


  2. (Re)aprendendo a cuidar de si - 15/07/20

    Participação de professores das áreas de nutrição, medicina preventiva e social, engenharia de produção e educação física.