Grande parte das atividades da UFMG pressupõem a articulação com entes diversos da sociedade, que é operacionalizada de formas variadas. Os dia­gramas a seguir ilustram algumas das atuais instâncias de interação que são estruturadas de forma sistemática.

Relatório de Gestão 2019
Relatório de Gestão 2019 


Internacionalização
A interação com outras instituições de ensino superior e de pesquisa ocorre de diferentes formas, que incluem: formação de pessoal qualificado para tra­balhar nessas instituições, por meio dos programas de pós-graduação; pro­gramas de mobilidade discente e docente; projetos colaborativos de ensino, pesquisa e extensão; e outras. Esses trabalhos são desenvolvidos seja por meio de convênios bilate­rais, seja através de redes colaborativas. Entre os consórcios de que a UFMG tem participado ativa­mente, destacam-se:

- a Asociación de Universidades Grupo Montevideo (AUGM), que tem como foco cen­tral o Mercosul e engloba instituições do Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile;
- o Grupo Tordesillas, de que participam Instituições da Espanha, Portugal e Brasil;
- a Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP);
- a Worldwide Universities Network (WUN);
- a Agence Universitaire de la Francophonie (AUF), entre outras.

Em período mais recente, a UFMG deu um impor­tante passo em suas atividades de cooperação internacional, com a criação de seis centros de estudos voltados para a investigação científica e o intercâmbio docente, discente e de servidores. São eles: o Centro de Estudos Africanos, o Centro de Estudos da Ásia Oriental, o Centro de Estudos Europeus, o Centro de Estudos Indianos, o Centro de Estudos Latino-Americanos e Centro de Estudos Norte-Americanos, criado em 2018.

A UFMG pre­coniza, assim, a diversificação geo-acadêmica de suas cooperações, envolvendo países e regiões em relação aos quais a atividade, até recentemente desenvolvida, ainda era incipiente. Na atualidade, a UFMG possui mais de 600 acordos de coopera­ção internacionais, envolvendo instituições diver­sas localizadas nos cinco continentes.

Saúde
No que diz respeito a convênios com o poder públi­co de diferentes esferas para a prestação de servi­ços de saúde à população, destacam-se as ativida­des que se realizam, sob a responsabilidade desta Universidade, no Hospital das Clínicas da UFMG e no Hospital Risoleta Tolentino Neves (HRTN), unidades hos­pitalares integrantes do SUS localizadas na região metropolitana de Belo Horizonte, que oferecem assistência ambulatorial, clínica e cirúrgica à popu­lação em geral, nas mais diversas áreas de especia­lidade.

Cabe ainda mencionar a atuação do Núcleo de Educação em Saúde Coletiva (Nescon), que desenvolve projetos multidisciplinares para induzir avanços na atenção primária, e o Núcleo de Ações e Pesquisa em Apoio Diagnóstico (Nupad) que realiza o Programa de Triagem Neonatal em Minas Gerais. Na mesma linha, o Núcleo de Telessaúde, participan­te do Programa Telessaúde Brasil Redes (Ministério da Saúde), tem o objetivo de melhorar a qualida­de do atendimento no SUS, integrando educação e saúde por meio de Tecnologias de Informação e Comunicação: teleconsulta, telediagnóstico e tele­educação.

Destaca-se ainda o Internato Rural, em que estudantes da etapa final dos cursos de Enfermagem, Farmácia, Medicina e Odontologia, sob orientação de professores e supervisão de profissionais dos serviços de saúde, desenvolvem atividades curriculares em regiões da periferia de Belo Horizonte e do interior de Minas Gerais.

Redes UFMG
As Redes UFMG buscam reunir e articular grupos, laboratórios e núcleos de extensão, ensino e pes­quisa da UFMG em torno de temas emergentes das sociedades contemporâneas. Destacamos, como exemplo, o Programa Participa UFMG Mariana-Rio Doce-Brumadinho, que reúne docentes envolvidos em projetos de pesquisa e extensão com o objetivo de colaborar, por meio do conhecimento técnico, com o processo de reconstrução após graves desas­tres socioambientais da história de Minas Gerais: o rompimento da barragem do “Fundão”, locali­zada no distrito de Bento Rodrigues, e Córrego do Feijão, em Brumadinho. Saiba mais sobre a extensão universitária e acesse dados sobre a extensão na UFMG.