Centro Cultural UFMG faz homenagem ao centenário do nascimento de Frans Krajcberg

O projeto Diálogos: artista e curador promoverá exposições virtuais mensais

O Centro Cultural UFMG lançou nesta segunda-feira, 12 de abril, o projeto Diálogos: artista e curador, que pretende disponibilizar exposições virtuais em formato de vídeos documentários mensalmente nas redes sociais da instituição. A partir de recortes curatoriais cronológicos, os vídeos trazem uma linha evolutiva no tempo e no percurso da criação do artista, oferecendo ao espectador a oportunidade de percorrer virtualmente pelas obras, por meio de simulação 3D, sendo mediado pelos comentários do artista e do curador.

A iniciativa apresentará nomes expressivos do cenário artístico e oferecerá ao público conteúdos com excelência, associados a uma reflexão aprofundada no contexto da arte contemporânea nacional e internacional, permitindo que avancem em seus conhecimentos e nas maneiras de fazer e pensar a arte.

Para dar início ao projeto, o Centro Cultural UFMG realiza uma homenagem ao centenário de nascimento de Frans Krajcberg, importante artista internacional radicado no Brasil, com a abertura da Exposição: arte e vida – Frans Krajcberg (12/04/1921 – 15/11/2017) – Homenagem ao centenário de nascimento.

Krajcberg nasceu em Kozienice, Polônia, em 12/04/1921 e faleceu no Rio de Janeiro em 15/11/2017. Artista plástico, pintor, escultor, gravador e fotógrafo de trânsito internacional, desde o pós-guerra, fez do Brasil a sua pátria e defendeu, de maneira vigorosa e combativa, a natureza e o ambiente de nosso país.  Ele se intitulou, mais do que um artista, um ambientalista e suas obras, durante toda a vida, gritaram veementemente em defesa da preservação da natureza e em defesa do direito à vida.  Sua arte, mais do que tudo, é um grito, uma denúncia das queimadas da Amazônia, das feridas das terras revolvidas pelas minerações e da interferência humana que compromete a própria existência.

Krajcberg mencionou que “os seres humanos dependem da natureza, mas na verdade não conhecem perfeitamente seu funcionamento; por desconhecê-la, transformam-na e agridem-na”. “Estamos caminhando para a destruição do planeta. A geração atual precisa conscientizar-se de sua responsabilidade”. Com essas premissas que Krajcberg, um sobrevivente, lutou até o fim dos seus dias pela preservação da vida no planeta terra. No final da vida, ele buscou pelos jovens, maneira que acreditava de realmente conseguir uma efetiva transformação da consciência ambiental. Krajcberg disse que “a mudança de mentalidade é uma necessidade urgente e a arte tem um potencial incalculável como instrumento de educação e como forma de mudança da relação homem e natureza”.

A Exposição: arte e vida – Frans Krajcberg tem como curador o professor e diretor do Centro Cultural UFMG, Fabrício Fernandino, que presta uma homenagem à memória desse notável artista e ser humano.

Serviço:
Exposição: arte e vida – Frans Krajcberg


Período: 12 de abril de 2021 a março de 2022
Local: Redes sociais e site do Centro Cultural UFMG

Exposições virtuais:
Amazônia em Vida/ Amazônia em Chamas
Exposição aqui:


Minas Paisagens Devastadas
Exposição aqui:

Siga as redes sociais
Site: https://www.ufmg.br/centrocultural/
YouTube: https://www.youtube.com/c/CentroCulturalUFMG
Facebook: https://www.facebook.com/centroculturalufmg
Instagram: https://www.instagram.com/centroculturalufmg
Twitter: https://twitter.com/ccultufmg

Assessoria de Imprensa UFMG

Fonte

Assessoria do Centro Cultural UFMG

(31) 3409-8290 / 3409-8291

www.ufmg.br/centrocultural

Serviço