Ciclo IEAT 20 anos debate as mudanças climáticas no Brasil

No dia 18 de novembro, às 10h, o Ciclo IEAT 20 anos realizará o Seminário Impactos presentes e futuros das mudanças climáticas no Brasil, no auditório da Reitoria da UFMG, campus Pampulha. O evento, que reúne os principais especialistas nacionais e internacionais no tema, é aberto ao público, mediante inscrições pela página da Gestão de Eventos, até o dia da atividade.

O seminário é realizado pelo Instituto de Estudos Avançados Transdisciplinares da UFMG (IEAT), sob a coordenação do professor Raoni Rajão, do Departamento de Engenharia de Produção da UFMG, e conta com o apoio do Observatório do Código Florestal (OCF) e do Instituto de Pesquisas Ambientais da Amazônia. Serão emitidos certificados de participação.

Com o aumento na temperatura da terra, nas últimas décadas, impactos como mudanças nos padrões de chuva e aumento da frequência de eventos extremos como furacões e secas têm afetado muitas populações. Ainda que mudanças no clima global possam ocorrer naturalmente, em processos graduais, existe consenso na comunidade científica que rápidas transformações foram causadas pelo aumento de gases de efeito estufa na atmosfera, ocasionados pela queima de combustíveis fósseis e desmatamento. O intuito é refletir sobre as mudanças climáticas, considerando a natureza transdisciplinar do fenômeno.

A abertura do evento será conduzida pela reitora da UFMG, Sandra Goulart Almeida, pelos professores Raoni Rajão e Estevam Las Casas, diretor do IEAT, e pelo senador Fabiano Contarato, presidente da Comissão de Meio Ambiente do Senado. O painel com Marcia Macedo, do Woods Hole Research Center (EUA), mostrará as consequências do desmatamento para a estabilidade climática no Brasil.

O painel com os professores Britaldo Soares Filho (UFMG), Clarissa Costalonga e Gandour (PCI/PUC-Rio) e Marcos Heil Costa (UFV) discutirá os desafios para alcançar as metas climáticas do Brasil. As ciências sociais terão também destaque no evento, quando os professores Raoni Rajão (UFMG) e Tiago Ribeiro (UnB) apresentarão sobre a politização da agenda florestal e climática no Brasil.

Na mesma linha, a palestra de encerramento (por videoconferência) será proferida pela professora Naomi Oreskes (Harvard University), que falará sobre como o ceticismo climático nos Estados Unidos tem sido mobilizado para atender interesses econômicos específicos.

Programação

- 10h às 11h: Painel de abertura - Sandra Goulart (reitora da UFMG), Estevam Las Casas (diretor do IEAT), Raoni Rajão (UFMG) e Fabiano Contarato (presidente da Comissão de Meio Ambiente do Senado)

- 11h às 12h: Painel Impacto das mudanças climáticas regionais e globais no Brasil - Marcia Macedo (Woods Hole Research Center)

- 12h às 13h30: Intervalo

- 13h30 às 15h20: Painel Desafios para alcançar as metas climáticas do Brasil -  Britaldo Soares-Filho (UFMG), Clarissa Costalonga e Gandour –(Climate Policy Initiative/PUC-Rio) e Marcos Heil Costa (UFV)

- 15h20 às 16h40: Painel Politização da agenda florestal e climática no Brasil Raoni Rajão (UFMG) e Tiago Ribeiro (UnB)

- 16h40 às 17h: Intervalo

- 17h às 18h Palestra Mercantes da ciência: interesses econômicos e políticos do ceticismo climático nos EUA (em inglês, por videoconferência) - Naomi Oreskes (Harvard University)

- 18h: Encerramento

Serviço:

Seminário Impactos presentes e futuros das mudanças climáticas no Brasil

Data: 18 de novembro

Horário: 10h às 18h

Local: Auditório da Reitoria da UFMG (Av. Presidente Antônio Carlos, 6627, Pampulha, Belo Horizonte)

Assessoria de Imprensa UFMG

Fonte

Assessoria de Comunicação do Instituto de Estudos Avançados Transdisciplinares (IEAT) da UFMG

(31) 3409-6655 / 3409-4123

www.ufmg.br/ieat

Serviço