Eugênio Tadeu inaugura novo ciclo do 'Aulas Abertas UFMG' com a temática 'Música e performance musical'

Os próximos vídeos do Aulas Abertas, projeto do Centro Cultural UFMG, trazem falas de especialistas sobre Música e performance musical. Os convidados deste ciclo apresentam seus universos criativos da composição, apresentação musical e performance cênico-musical, campos distintos da arte que interagem para que o espetáculo aconteça. Essa abordagem ímpar nos traz a oportunidade de vivenciar propostas diferenciadas na área da Música.

O professor Eugênio Tadeu inaugura o assunto e fala sobre Brincadeira, música e cena, temas que se intercalam e que ele vem trabalhando há muito tempo. Assista ao vídeo:

A arte, de forma geral, tem uma semelhança muito grande com o brincar, afirma Eugênio. Ele vê muito isso nas canções, no modo de fazer música e no próprio brincar, pois existem regras, estruturas, formas, questões que são relativas ao espaço e tempo, à participação das pessoas e à inter-relação entre essa materialidade que se refere ao jogo como processo artístico. Nesse contexto, o professor cita o holandês Johan Huizinga, um dos grandes pensadores da questão lúdica.

Para o professor, as questões musicais estão presentes na brincadeira, no movimento, no ritmo, na pulsação e leva a crer, não só pela crença, mas pela experiência, que as relações musicais são muito próximas das possibilidades internas que uma brincadeira nos mostra. A relação sonora que a gente faz entre um som e outro é fruto das nossas experiências culturais, desde quando nascemos, com as escutas das cantigas de ninar, do que ouvimos em nossas famílias, nas escolas e em outros lugares das nossas relações sociais.

Tadeu diz que essa relação entre a música e o movimento, que tem na brincadeira, eles trazem para a cena musical e titulam de cênico-musical.  Ele explica que não é a mesma coisa que um teatro musical, um musical, uma música do teatro, ou um teatro musicado, e sim uma cena na qual música e movimento estão relacionados. Quando se faz um trabalho cênico-musical a estrutura do movimento é pensada a partir dos estímulos e das referências sonoras que carregamos e uma característica bem interessante é que não se repete aquilo que uma canção está dizendo ou o que um som está reproduzindo.

Eugênio Tadeu é Professor da Graduação em Teatro e do Prof-Artes da Escola de Belas Artes da UFMG. Integrante do Grupo Serelepe, membro da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Artes Cênicas (ABRACE), do Movimento da Canção Infantil Latino-americana e Caribenha (MOCILYC) e do Movimento Música e Infância (MOVMI). Coordenou o Pandalelê - Laboratório de Brincadeiras e integrou o Duo Rodapião. Doutor em Artes – Teatro e Mestre em Educação.

Aulas Abertas

Aulas Abertas foi elaborado para oferecer um espaço de compartilhamento de ideias, conceitos e experiências, buscando a construção do conhecimento reflexivo e crítico pelo público, que terá acesso à fala de professores, pesquisadores e artistas convidados. Não se trata, portanto, de aulas propriamente ditas, mas discussões contextualizadas pelo olhar científico e humano, essenciais nesse momento de crise.

A cada semana será publicada uma nova aula através do FacebookInstagramYouTube e Site da Instituição. Confira os vídeos anteriores também por meio das redes sociais.

Assessoria de Imprensa UFMG

Fonte

Assessoria do Centro Cultural UFMG

(31) 3409-8290 / 3409-8291

http://www.ufmg.br/centrocultural

Serviço