Projeto de extensão da UFMG: profissionais da linha de frente do combate à covid-19 recebem mensagens de apoio e gratidão

Trabalho de coleta e envio das homenagens é feito pela equipe do projeto 'Cuidar de quem cuida', da Escola de Enfermagem

Ansiedade, síndrome do pânico, nervosismo, insônia, medo, frustração, fadiga e conflitos interpessoais são alguns dos sentimentos relatados por profissionais da saúde que estão na linha de frente de combate à covid-19. Com o objetivo de expressar apoio, carinho, solidariedade e incentivo a esses trabalhadores, o projeto de extensão Cuidar de quem cuida, promovido pelo Departamento de Gestão em Saúde da Escola de Enfermagem, recebe e encaminha mensagens positivas aos integrantes das equipes multiprofissionais de saúde do país.
 
A coordenadora do projeto, professora Karla Rona da Silva, explica que as homenagens, em formato de cartão (texto), vídeos ou áudios, podem ser enviadas pelo e-mail cuidardequemcuidaufmg@gmail.com ou pelo WhatsApp (31) 99579-0660. A equipe de voluntários do projeto contata os profissionais de saúde para explicar o objetivo do projeto e repassar as mensagens. “A rotina nos serviços de saúde é muito estressante, e a pandemia tornou tudo ainda mais difícil. Nosso objetivo é promover o cuidado à saúde, e as mensagens positivas têm renovado o ânimo de muitos trabalhadores, como eles mesmos nos relatam”, afirma a professora.
 
Até do exterior
O projeto recebeu, até o mês de fevereiro, 2.883 mensagens no formato de texto e 3.728 vídeos, que foram encaminhados para 6.611 profissionais dos serviços de saúde de Minas Gerais, Bahia, Pará, Rio de Janeiro, Espírito Santo e São Paulo. Também foram acolhidas homenagens de familiares residentes na Espanha, na Inglaterra e na França.
 
O técnico de enfermagem Neibert Soares Silva, do Hospital João XXIII, é um dos homenageados e relata seus sentimentos: "Fiquei muito feliz e emocionado com a mensagem. Isso nos ajuda a continuar o trabalho, que tem sido bem difícil. A família é nosso maior apoio para continuar ajudando a população. Também fiz questão de homenagear uma colega. Precisamos nos elogiar mais uns aos outros e cuidar mais uns dos outros. Fiquem em casa e se cuidem por mim", acrescentou.
 
As mensagens também são postadas no perfil do projeto no Instagram (@cdqc2020).

Assessoria de Imprensa UFMG

Fonte

Assessoria de Comunicação da Escola de Enfermagem da UFMG

(31) 99278-2799

www.enfermagem.ufmg.br

Serviço