UFMG apoia negócios da cadeia produtiva de frutos do Cerrado

UFMG apoia negócios da cadeia produtiva de frutos do Cerrado

Empreendimentos de agricultura familiar e extrativismo envolvidos com a cadeia produtiva de frutos do Cerrado encontram dificuldades na adequação às recomendações técnicas para as boas práticas de manejo e de produção. Esse foi o resultado preliminar de um diagnóstico desenvolvido por projeto do Instituto de Ciências Agrárias da UFMG, em Montes Claros.

O projeto, que alia atividades de pesquisa e extensão, visa oferecer soluções para o sistema de gestão nesses empreendimentos do Norte de Minas. Atualmente, são seis os negócios contemplados pelo projeto nos municípios de Januária, Mirabela e Montes Claros.

Nas próximas etapas serão realizados estudos de indicadores de sustentabilidade, pesquisas de qualidade dos produtos nas unidades de processamento e oficinas e encontros com foco na gestão e planejamento estratégico junto aos grupos. 

Em entrevista ao programa Veredas da ciência: pesquisas e projetos do Norte de Minas, veiculado pela Rádio UFMG Educativa Montes Claros, o técnico de laboratório Teddy Marques de Faria discorreu sobre a iniciativa que busca mapear e organizar a cadeia produtiva dos frutos do Cerrado em quatro eixos: pessoas, território, qualidade e empreendedorismo. A produção e a reportagem são de Amanda Lelis.

Assessoria de Imprensa UFMG

Fonte

Assessoria de Imprensa do Instituto de Ciências Agrárias da UFMG

(38) 2101-7754

www.ica.ufmg.br

Serviço