Notícias Externas

Circuito Gastronômico de Favelas chega à 2ª edição.

Evento percorre 10 comunidades de Belo Horizonte e Região Metropolitana até o fim do mês de julho

Pastel Trem de Minas, prato do cozinheiro Diones da Silva do Barreiro.
Pastel Trem de Minas, prato do cozinheiro Diones da Silva do Barreiro. Foto: Júlia Lanari/Divulgação.

Pra dar visibilidade aos sabores do morro, que também produz gastronomia de alto nível, o Circuito Gastronômico de Favelas está de volta. Embalado pelo sucesso da primeira edição, realizada no ano passado, o evento vem a todo vapor, unindo o morro e o asfalto em torno de pratos e histórias inspiradoras. A iniciativa coloca como protagonistas as cozinheiras e cozinheiros de mão cheia que vivem em dez comunidades de Belo Horizonte e da Região Metropolitana. 

O coordenador geral do Circuito Gastronômico de Favelas, André Carvalho, conversou com o programa Expresso 104,5, da rádio UFMG Educativa, nessa sexta-feira, 8.

Ouça a conversa com Filipe Sartoreto.

Neste domingo, o Circuito Gastronômico de Favelas será realizado na Rua Escravo Isidoro, esquina com a Rua Serra Negra, na Pedreira Prado Lopes a partir do meio-dia. Mas o Circuito não para por aí não. Até o final de julho, outras comunidades receberão as delícias preparadas por esses cozinheiros de mão cheia. A programação completa e outras informações, você encontra no site do circuito

Com produção de João Rezende, Daniel Silveira e Gabriela Sorice, sob orientação de Hugo Rafael