Pesquisa e Inovação

Mais de 20% da energia do movimento de um chute na bola vem do tronco

Resultado consta de pesquisa abordada em série da Rádio UFMG Educativa

Chute

Creative Commons | https://pixabay.com/pt/futebol...

A parte superior do corpo contribui com 23% da energia cinética no movimento de um chute de futebol. Essa é uma das principais descobertas da pesquisa Participação do tronco na cinética e nos fluxos de energia do membro inferior de balanço durante o chute do futebol, desenvolvida na Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional da UFMG. Além de compreender como funcionam as trocas de energia no corpo humano, o estudo pode contribuir em áreas como a reabilitação de pacientes. 

A reportagem, veiculada hoje na Rádio UFMG Educativa, integra a série Universidade da bola.

Ouça reportagem de Samuel Sousa