Pesquisa e Inovação

Pesquisa revela males causados pelo excesso de sal no organismo humano

Consumo de sal acima da média recomendada pode causar também doenças no intestino

Brasileiro consome duas vezes mais sal de cozinha do que o recomendado pela OMS
Brasileiro consome duas vezes mais sal de cozinha do que o recomendado pela OMS Júlia Duarte / UFMG

Quando se pensa nos males causados pelo consumo excessivo de sal, o que vem à cabeça são as doenças cardiovasculares e renais, como a hipertensão e pedra nos rins. Mas o que uma pesquisa do Instituto de Ciências Biológicas da UFMG (ICB) revelou é que o consumo de sal acima da média recomendada pode causar também doenças no intestino.

O problema, segundo a tese em Imunologia da nutricionista Sarah Leão Fiorini de Aguiar, é que essas doenças normalmente não apresentam sintomas, o que dificulta o diagnóstico e o tratamento. Elas agem de forma subclínica, ou seja, silenciosamente, e causam problemas no cólon intestinal.

A nutricionista Sarah Fiorini de Aguiar falou sobre a pesquisa e os efeitos do sol no organismo humano em entrevista ao programa Conexões, da Rádio UFMG Educativa, nesta segunda-feira, 12.

Ouça a conversa com Luíza Glória

A pesquisa de doutorado também foi tema de reportagem publicada no Boletim UFMG.

Produção de Giulliana Santos, sob orientação de Hugo Rafael e Luíza Glória