Notícias Externas

Possível reforma do estatuto do desarmamento preocupa especialistas

Tema foi discutido na Câmara dos Deputados em 2015
Tema foi discutido na Câmara dos Deputados em 2015 Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Durante toda a sua campanha, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), prometeu reformular o Estatuto do Desarmamento. Essa proposta também aparece em seu  plano de governo. Vale lembrar que a lei federal 10.826 de 23 de dezembro de 2003,  estabelece regras para posse e porte de armas no país.  Até o momento, Jair Bolsonaro não detalhou como pretende flexibilizar o Estatuto, mas diante do que já foi dito em varias entrevistas, a professora adjunta do Departamento de Sociologia da UFMG e pesquisadora Centro de Estudos de Criminalidade e Segurança Pública (CRISP), Ludmila Ribeiro, esta temerosa com as possíveis alterações que o presidente eleito pode fazer.  

Ouça reportagem de Vanessa Bugre