Notícias Externas

Vida e obra de Zelda Fitzgerald são tema de entrevista no programa Universo Literário

Com os 70 anos de morte da escritora, completados em 2018, sua obra original, em inglês, entra em domínio público em janeiro de 2019

Túmulo de Zelda e Scott em Rockville, Maryland, nos Estados Unidos
Túmulo de Zelda e Scott em Rockville, Maryland, nos Estados Unidos Foto: Domínio público

A escritora, dançarina e pintora Zelda Fitzgerald entrou para a história como parte do casal literário mais célebre da década de 1920. Ao lado do escritor Scott Fitzgerald, ela personificou o charme dos Estados Unidos e se tornou um reflexo da sociedade americana da época.

A escritora foi diagnosticada com esquizofrenia aos 30 anos, e escreveu seu único romance durante as primeiras semanas de estada em uma clínica onde se tratava. Save me the Waltz, ou Esta é a minha Valsa, é um romance autobiográfico que explora episódios da relação de Zelda e Scott Fitzgerald, e gerou grande conflito na vida do casal.

A maioria das biografias da artista prioriza a figura de seu marido e sua vida com ele. Recentemente, no entanto, tem crescido o interesse por estudar a vida turbulenta de Zelda Fitzgerald. Com os 70 anos de morte da escritora, completados em 2018, sua obra entra em domínio público agora, em janeiro de 2019.

A tradutora Marcela Lanius, mestre em Estudos da Linguagem, falou sobre a vida e obra de Zelda Fitzgerald, em entrevista ao programa Universo Literário, da Rádio UFMG Educativa, nesta segunda-feira, 14.

Ouça a conversa com Michelle Bruck

Produção de Maitê Louzada, sob orientação de Hugo Rafael e Luíza Glória