Notícias Externas

Algoritmo analisa textos em busca de intenção suicida de autor

Iniciativa foi desenvolvida pela equipe do Laboratório de Psiquiatria Molecular do Hospital de Clínicas de Porto Alegre

Intenção suicida em textos é identificada por algoritmo
Intenção suicida em textos é identificada por algoritmo Foto: Dani Vázquez / CC BY-SA 2.0 / Flickr: https://bit.ly/2E1y6Al

Nos últimos anos, têm se tornado mais presentes, na sociedade brasileira, iniciativas e movimentos de conscientização acerca dos transtornos mentais. De 2015 para cá, movimentos como o Setembro Amarelo têm tentado alertar a população para os altos índices de suicídios registrados no país e para a necessidade de preveni-los. E é nesse contexto que surgem iniciativas como o algoritmo desenvolvido pela equipe do Laboratório de Psiquiatria Molecular do Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

Segundo os pesquisadores, a ferramenta é capaz de analisar textos e anotações em busca de sinais de que o autor tenha alguma intenção de se matar.  Ao identificar as tendências suicidas, o algoritmo enviaria a seguinte mensagem para o paciente: “Alerta vermelho: você corre o risco de cometer suicídio”. Para testar a eficácia do algoritmo, a equipe de pesquisadores utilizou como paciente fictícia a escritora britânica Virginia Woolf, que se suicidou aos 59 anos.

O professor Ives Cavalcante Passos, do serviço de psiquiatria do Hospital das Clínicas de Porto Alegre, um dos responsáveis pelo estudo, falou sobre o funcionamento do algoritmo, em entrevista ao programa Conexões, da Rádio UFMG Educativa, nesta quinta-feira, 29.

Ouça a conversa com Luíza Glória

É importante lembrar que, se você está com pensamentos suicidas ou desânimo em relação à vida, procurar ajuda é essencial. O Centro de Valorização à Vida oferece apoio emocional e prevenção do suicídio de modo totalmente sigiloso e gratuito, 24 horas por dia. Você pode conversar com um dos voluntários, pelo telefone 188 ou no site do CVV.

Produção de Giulliana Santos e Gabriela Sorice, sob orientação de Hugo Rafael e Luíza Glória