Notícias Externas

Brasil é responsabilizado pela morte de Vladimir Herzog

Decisão da Corte Interamericana de Direitos Humanos foi divulgada nessa quarta-feira (4)

Ivo Herzog observa a foto do pai, o jornalista Vladimir Herzog, morto pela ditadura em 1975
Ivo Herzog observa a foto do pai, o jornalista Vladimir Herzog, morto pela ditadura em 1975 Ricardo Giraldez/Desconstrução do esquecimento

Em decisão inédita para o país, a Corte Interamericana de Direitos Humanos determinou que a morte do jornalista Vladimir Herzog, vítima da Ditadura Militar em 1975, deve ser considerado um crime contra a humanidade. 

A decisão foi divulgada pela Corte nessa quarta-feira (4) e determina que o Brasil tome uma série de medidas, incluindo a reabertura das investigações sobre o caso e a punição dos responsáveis. Professores da UFMG avaliam essa decisão significa para a justiça brasileira. 

Ouça reportagem de Alicianne Gonçalves