Notícias Externas

Dez galerias de arte de BH promovem circuito de arte contemporânea

Esta é a terceira edição do ‘Circuito 10 Contemporâneo’, que busca dar visibilidade à produção contemporânea na capital mineira

Ocupação 'Cisco, Lasca, Triz' reúne obras de 25 artistas mineiros
Ocupação 'Cisco, Lasca, Triz' reúne obras de 25 artistas mineiros Divulgação / dotART Galeria

As principais galerias de arte de Belo Horizonte promovem projeto coletivo durante o mês de março: é o Circuito 10 Contemporâneo, que, em 2018, chega à sua terceira edição. Neste sábado, 3, dez espaços inauguram exposições inéditas, de forma simultânea. O objetivo da iniciativa é formar um circuito com o que de melhor tem sido produzido na arte contemporânea na capital mineira.

Um dos espaços que recebe exposição que integra a terceira edição do circuito é a dotART Galeria (Rua Bernardo Guimarães, 911, loja 20, Funcionários), onde pode ser vista, até a próxima quarta-feira, 7, a ocupação artística Cisco, Lasca, Triz.

A ocupação reúne trabalhos de ex-alunos e atuais professores da Escola Guignard (Uemg) e obras de alguns formadores culturais de Belo Horizonte. A fim de valorizar a arte mineira e a confecção artesanal, o evento conta com entrada franca e propõe que o público converse com os artistas.

O diretor artístico da galeria, Marco Polo Rolla, que também é um dos expositores do evento, falou sobre a ocupação Cisco, Lasca, Triz, em entrevista ao programa Expresso 104,5, da Rádio UFMG Educativa, nesta sexta-feira, 2.

Ouça a conversa com Filipe Sartoreto

A ocupação conta com obras de 25 artistas mineiros e pode ser visitada de segunda a quarta-feira, das 9h às 19h. Outras informações podem ser consultadas na página da dotART Galeria no Facebook ou obtidas pelo telefone (31) 3261-3910.

A programação do Circuito 10 Contemporâneo está disponível no site do evento.