Ensino

Estudantes da UFMG discutem situação da educação e do Brasil

Assembleia Geral de Estudantes UFMG ocorre nesta quinta-feira, 10, na Fafich

Assembléia será realizada na arena da Fafich no Campus Pampulha.
Assembleia será realizada na arena da Fafich, Campus PampulhaFacebook/DA Fafich UFMG

O ano de 2018 é simbólico: neste ano, comemoram-se os 200 anos de nascimento de Karl Marx, relembra-se o movimento dos estudantes de maio de 1968, sem falar nos 50 anos de imposição do AI 5, que culminou com o fim das liberdades individuais durante o Golpe Militar de 1964. Em um cenário de incertezas políticas que se estendem até hoje, vários grupos de estudantes da UFMG, entre eles a Ocupação Permanente FAE e alguns centros e diretórios acadêmicos da Universidade reuniram-se para organizar a Assembleia Geral de Estudantes UFMG. 

A discussão, com foco na situação do país e da educação, será realizada nesta quinta-feira, 10, a partir das 17h30, na Arena da Fafich, campus Pampulha (Avenida Antônio Carlos, 6.627). 

Os coordenadores do Diretório Acadêmico Fafich, Gabriel Lopo e Marcela Nicolas, a vice-presidente do Diretório Acadêmico Face, Mariana Cozzi, e o diretor de relações públicas do Centro Acadêmico Afonso Pena, da Faculdade de Direito da UFMG, Artur Colito, conversaram com o programa Expresso 104,5, da Rádio UFMG Educativa, nesta terça-feira, 8.

"As pessoas já estão discutindo política. O que a gente precisa é conseguir fomentar esse espaço para que a gente consiga transformar isso em ação", defendeu Marcela Nicolas.

Ouça a conversa com Filipe Sartoreto.