Notícias Externas

Partidos e candidatos poderão utilizar 'vaquinha virtual' para financiar campanhas

Novas regras de financiamento de campanhas eleitorais liberam autofinanciamento​ e crowdfunding

VAQ
'Vaquinha virtual' deverá seguir regras, como cadastro prévio na Justiça Eleitoral
UFMG Educativa

Novas regras de financiamento de campanhas eleitorais sancionadas pelo presidente Michel Temer liberam o autofinanciamento e o crowdfunding - a chamada "vaquinha virtual". A partir de 2018, partidos e candidatos poderão desenvolver e usar serviços de financiamento coletivo pela internet.

O financiamento coletivo deverá seguir algumas regras, como cadastro prévio do serviço na Justiça Eleitoral, identificação obrigatória dos doadores e das quantias doadas, além de emissão de recibo. As doações de pessoa física, vindas de forma coletiva ou não, deverão respeitar o limite de 10% do rendimento pessoal bruto.

Ouça a reportagem de Alicianne Gonçalves

Reportagem veiculada no Jornal UFMG desta terça-feira, 10 de outubro de 2017.