Pesquisa e Inovação

Pesquisador estuda a ‘gourmetização’ da culinária doméstica no Brasil

Estudo interpreta as relações sociais e de gênero presentes no universo culinário

A conversa chegou à cozinha. Quando se trata de alimentação, os valores nutricionais não são as únicas informações que rendem bons estudos e podem dizer sobre o comportamento humano. Estudar a cozinha doméstica, a gourmetização da culinária e as relações sociais na cozinha é a proposta da dissertação Um território (re)apropriado? A dinâmica territorial da cozinha em meio a relações sociais de gênero e raça.

“A cozinha sofisticada sempre existiu, mas tem sido priorizada de uns tempos para cá. Há, inclusive, projetos modernos de arquitetura que concebem esse espaço na parte da frente das casas”, afirmou o pesquisador Felipe Gouvêa Pena, autor da dissertação, em entrevista ao Boletim UFMG (A reportagem pode ser lida na edição 2.006 da publicação).

Nesta quinta-feira, 7, o professor Felipe Pena, que é pesquisador do Centro de Pós-graduação e Pesquisas em Administração (Cepead) da Face, falou sobre o trabalho em entrevista concedida ao programa Conexões, da Rádio UFMG Educativa.

Ouça a conversa com Luíza Glória

A dissertação Um território (re)apropriado? A dinâmica territorial da cozinha em meio a relações sociais de gênero e raça está disponível no site da Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da UFMG.

Chef de cozinha britânico Jamie Oliver na série 'O segredo da alimentação', do canal GNT
Chef de cozinha britânico Jamie Oliver na série 'O segredo da alimentação', do canal GNT Divulgação / GNT