Notícias Externas

Site mapeia a literatura produzida por mulheres no Brasil

​Projeto Margens apresenta informações sobre o trabalho de mais de 700 escritoras da literatura marginal e periférica

X
Narrativas contemporâneas assinadas por mulheres
Reprodução

Um projeto para mapear a literatura feita atualmente no Brasil por mulheres. Trata-se do site Margens, que já identificou mais de 700 escritoras e apresenta como elas inovam no jeito de narrar, reportar e contar a própria história, além de romperem com o estigma de que os subalternos não tem vez, tampouco voz.

O Margens começou em 2014, quando a jornalista Jéssica Balbino criou um site para receber mensagens de mulheres que atuam na literatura contemporânea, periférica e marginal. Desde então, esse banco de dados não para de crescer.

"É uma literatura majoritariamente negra, feita por mulheres na faixa de 20 a 40 anos de idade, concentradas no Sudeste e, no geral, elas falam sobre o universo da mulher, como o corpo, a maternidade, os desafios e o preconceito", disse Jéssica em entrevista ao programa Universo Literário desta quinta-feira, 4.

Ouça a conversa com Renan Ramos