Arte e Cultura

Animações de 11 países e oficinas variadas estão na programação do Anima Mundi

Maior festival brasileiro dedicado a filmes de animação começa nesta sexta-feira em BH

'Negative Space', curta francês em stop motion, vencedor do Grande Prêmio Anima Mundi 2017
'Negative Space', curta francês em stop motion, vencedor do Grande Prêmio Anima Mundi 2017 Divulgação

O MIS Cine Santa Tereza recebe neste fim de semana, pela sexta vez, a edição do Anima Mundi Itinerante. Serão exibidas mais de 40 produções nacionais e internacionais para crianças, jovens e adultos. O Anima Mundi existe há 25 anos e tornou-se o segundo maior festival do gênero no mundo e importante referência internacional do cinema de animação, com mais de 1 milhão de espectadores. Entre os filmes em destaque, estão O Projeto de Meu Pai, Guida, Feral e O Presente.

A programação traz ainda duas oficinas dedicadas aos jovens e adultos. Oficina de massinha, onde grupos criam roteiros e personagens que são modelados e animados na hora sobre um cenário de fundo infinito. E oficina de pixilation, onde por meio dessa técnica os participantes criam uma história, se fantasiam e fazem poses sucessivas, fotografadas uma a uma e reproduzidas posteriormente.

"Muitos animadores brasileiros que estão no mercado tiveram seu primeiro contato com a animação dentro do Anima Mundi. O evento tem esse papel de desvendar a mágica da animação. O Anima Mundi seleciona o que há de melhor e de mais moderno sendo produzido atualmente", avalia a diretora de animação e uma das produtoras do Anima Mundi, Aída Queiroz, em entrevista ao programa Expresso 104,5 desta terça-feira, 10.

Ouça a conversa com Filipe Sartoreto

A programação é gratuita. Mais informações estão no site do Anima Mundi.