Notícias Externas

Belo Horizonte recebe oficina que une ritmo, corpo e palavra

No dia 20 de novembro, é comemorado o dia da Consciência Negra. Mas as celebrações já estão sendo realizadas desde já em Belo Horizonte. Exemplo disso é a oficina Ritmo, corpo e palavra, ministrada pelo artista do ruído, poeta e arte-educador Babilak Bah.

O evento foi pensado para reforçar a importância da literatura afro, desenvolvendo o potencial criativo e ampliando o pensamento crítico dos participantes. A oficina é também um espaço de experimentação da linguagem, que atravessa o campo da palavra, do ritmo, da musicalidade e da corporalidade.

O poeta Babilak Bah falou sobre a atividade, em entrevista ao programa Universo Literário, da Rádio UFMG Educativa, nesta quinta-feira, 24.

Ouça a conversa com Jaiane Souza

A oficina tem início no dia 26 de outubro, no Centro de Referência da Cultura Popular e Tradicional Lagoa do Nado (Rua Ministro Hermenegildo de Barros, 904, Itapoã). Outras informações sobre a atividade podem ser obtidas pelos telefones (31) 3277-7429 e 99913-9650.

Produção de Letícia Finamore, sob orientação de Luíza Glória