Notícias Externas

Colunista analisa impactos da saída do ensino superior do MEC

Proposta é que área fique sob responsabilidade da Ciência e Tecnologia

Reitoria da UFMG
Reitoria da UFMG Foca Lisboa | UFMG

O ensino superior no Brasil pode passar por mudanças de gestão a partir do próximo ano, caso seja confirmada a transferência desta fase do ensino para as asas do Ministério da Ciência e Tecnologia, comandado por Marcos Pontes. A proposta, de acordo com o divulgado até o momento, seria fortalecer a pesquisa nas universidades, além de liberar o Ministério da Educação para cuidar exclusivamente da educação básica. Na coluna de Educação desta semana, o professor da Faculdade de Educação da UFMG, Marcus Taborda, analisa a proposta.

Ouça entrevista concedida ao jornalista Vinícius Luiz