Notícias Externas

Economia solidária em Minas cresce 2.800% em 30 anos

Empreendimentos de artesanato e agricultura familiar são destaque

Feiras são principal ponto de vendas da economia solidária
Feiras são principal ponto de vendas da economia solidária Osvaldo Afonso | Imprensa MG

Levantamento da Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social mostra que número de empreendimentos de economia popular solidária implantados em Minas aumentou 2.800% nos últimos 30 anos, principalmente na área de artesanato e de agricultura familiar. 

A economia popular solidária é um modelo de produção coletivo e sustentável, que está fundamentado na autogestão, no trabalho associado e no enfrentamento das desigualdades sociais. Um dos grandes diferenciais do movimento é a relação direta entre produtor e cliente, de modo que o lucro dos serviços vai diretamente para quem realmente produziu. Outro ponto interessante da economia solidária é divisão igualitária da renda. 

Ouça a reportagem de Gabriela Arcas