Notícias Externas

Entenda o conflito da Síria

Professor da Unifesp faz um panorama histórico do conflito e também explica porque até o momento nenhuma tentativa de cessar-fogo teve sucesso na região

 

Professor da Unifesp explica quais são os motivos do conflito na Síria
Professor da Unifesp explica quais são os motivos do conflito na Síria UNRWA 30/01/2014

Professor da Unifesp faz um panorama histórico do conflito e também explica porque até o momento nenhuma tentativa de cessar-fogo teve sucesso na região.

O Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Zeid Ra’ad al-Hussein, afirmou hoje (07), que a escalada da violência na Síria é catastrófica. Há um mês os conflitos entre forças rebeldes e governo sírio se intensificaram. Os confrontos estão ocorrendo principalmente na região de Ghouta, uma região suburbana nos arredores de Damasco, capital do país. A região está sob o controle dos rebeldes desde o início dos confrontos em 2011 e é palco de uma disputa entre diferentes grupos. 

O Centro Sírio de Pesquisas Políticas estima que quase 500 mil pessoas já morreram desde o início da guerra civil. Outras 5 milhões deixaram o país, de acordo com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados. Em entrevista à jornalista Paula Alkmim, o professor da Universidade Federal de São Paulo Youssef Cherem explica o conflito no país.

Ouça entrevista concedia a jornalista Paula Alkmim