Notícias Externas

Entenda quais são os impactos da tragédia de Brumadinho na vida dos indígenas da região

Indígenas que vivem à beira do Paraopeba enfrentam dificuldades após rompimento de barragem e esperam salvação da água

Indígenas que vivem à beira do Paraopeba
Indígenas que vivem à beira do Paraopeba Tiago de Holanda / Rádio UFMG Educativa

Entre os atingidos pelo rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, estão os índios pataxó da aldeia Naó Xohã, no município vizinho de São Joaquim de Bicas. A comunidade está tendo que se reorganizar, já que não pode mais pescar ou fazer rituais no rio Paraopeba, poluído pela lama de rejeitos de minério. Os pataxó lutam para ser reparados pelos danos sofridos e para que o rio renasça.

Ouça reportagem de Tiago de Holanda