Notícias Externas

Espetáculo apresentado em BH aborda os desafios da maternidade

Atriz do solo, Mariana Rabelo, falou sobre a montagem em entrevista ao programa Conexões

Desafios impostos pela maternidade dão o tom de espetáculo
Desafios impostos pela maternidade dão o tom de espetáculo Foto: Marco Aurélio Prates

O espetáculo Ondas de onde parto, em cartaz até o dia 22 de abril em Belo Horizonte, aborda a maternidade pela ótica dos desafios que ela apresenta. A dramaturgia da montagem é de Letícia Andrade, que assina trabalhos como Medeiazonamorta, do Grupo Teatro Invertido, e a direção é de Fernando Barcellos, integrante do coletivo Sala Vazia.

A atriz belo-horizontina Mariana Rabelo, também integrante do coletivo Sala Vazia e atriz do solo Ondas de onde parto, falou sobre a montagem em entrevista ao programa Conexões, da Rádio UFMG Educativa, nesta quinta-feira, 12.

Segundo Mariana Rabelo, o espetáculo trata da maternidade como um todo. “A maternidade também é linda e a gente fala das belezas de ser mãe. Mas é muito pouco falado do lado duro da maternidade. Então a gente vai falar das dificuldades com a amamentação, com o parto, com a criação na primeira infância, às vezes de maneira dura, às vezes de maneira cômica”, explicou.

Ouça a conversa com Luíza Glória

O espetáculo está em exibição no Teatro da Assembleia (Rua Rodrigues Caldas, 30, Santo Agostinho) às sextas e aos sábados, às 20h, e também aos domingos, às 19h. No dia 21, às 16h, haverá uma sessão especial, destinada a mães com bebês de colo.

Os ingressos podem ser comprados na bilheteria do teatro, uma hora antes das sessões, ou pelo aplicativo ou site Sympla (semana 2 e semana 3). Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (31) 2108-7827.