Notícias Externas

Linha chilena pode ser proibida na capital

Caso sancionada, medida pode reduzir acidentes com motociclistas

Comercialização e armazenamento de materiais cortantes também será punido
Comercialização e armazenamento de materiais cortantes também será punido Creative Commons | https://pxhere.com/pt/photo/13...

Projeto de lei que proíbe a venda e uso de linha chilena em Belo Horizonte vai à sanção do prefeito Alexandre Kalil. O texto foi aprovado em segundo turno nesta semana na Câmara Municipal. Em 2017, o corpo de bombeiros registrou 8 casos de acidentes com linhas cortantes no estado, e apenas de janeiro a março deste ano, já foram registradas 6 ocorrências. A tendência deste número é crescer até agosto, considerando que estes acidentes aumentam em período de férias escolares. 

Ouça reportagem de Gabriela Arcas