Notícias Externas

Mostra que une cinema e direitos humanos começa na sexta-feira em BH

Edição deste ano homenageia os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Cena de 'Lúcio Flávio, O Passageiro da Agonia' (Hector Babenco), que será exibido no primeiro dia do evento
Cena de 'Lúcio Flávio, O Passageiro da Agonia' (Hector Babenco), filme que será exibido na mostraReprodução

Belo Horizonte recebe a partir de sexta feira, 16, a 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos. O evento é realizado pela Secretaria Nacional de Cidadania do Ministério dos Direitos Humanos em todas as capitais brasileiras e no Distrito Federal. 

Na edição deste ano, a mostra celebra os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, com o objetivo de promover a educação e a cultura sobre direitos humanos.

Ao longo da programação, também serão apresentados filmes que discutem a contemporaneidade. As obras cinematográficas serão exibidas de forma acessível a pessoas com deficiência, com closed caption em todas as sessões e áudio-descrição e Libras em sessões selecionadas.

O jornalista Alexandre Pimenta, coordenador do evento em Minas Gerais, falou sobre a programação da 12ª Mostra Cinema e Direitos Humanos, em entrevista ao programa Conexões, da Rádio UFMG Educativa, nesta terça-feira, 13.

Ouça a conversa com Luíza Glória

A mostra segue até o dia 21 de novembro, no Sesc Palladium (Avenida Augusto de Lima, 420, Centro / Rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro). A programação pode ser consultada na página do evento no Facebook ou no site do Sesc Palladium.

Produção de Giulliana Santos e Gabriela Sorice, sob orientação de Hugo Rafael e Luíza Glória