Notícias Externas

Na sexta edição, mutirão de reconhecimento paterno inova com reconhecimento socioafetivo

A ação, será realizada hoje (23), em BH e outras 42 comarcas do interior do Estado

Luis Gustavo de Paula Faria, 10 anos, adotado, veio colocar o nome do pai  afetivo, Wilson Antonio Faria, no documento.
Luis Gustavo de Paula Faria, 10 anos, adotado, veio colocar o nome do pai afetivo, Wilson Antonio Faria, no documento. fdsfdsf

Sexta edição do “Mutirão Direito a Ter Pai” oferece durante todo o dia de hoje, exame gratuito de DNA, reconhecimento espontâneo de paternidade e uma novidade, o reconhecimento socioafetivo, para famílias que procuram incluir o nome do pai nos registros pessoais. 

Ouça reportagem de Isabela Abalen