Institucional

Pesquisa investiga estresse de árbitros

Testes realizados pela FIFA geram pressão nos profissionais

Na imagem, jovens árbitros em treinamento
Na imagem, jovens árbitros em treinamento Rafael Ribeiro/ CBF/ Fotos Públicas

Em eventos como a Copa do Mundo ou até mesmo em peladas no campinho de várzea, não são apenas os jogadores e técnicos de futebol que sofrem pressão. Os árbitros também são alvo de grande cobrança e criticas que começam já nos testes físicos a que são submetidos para poderem atuar nos campeonatos. 

Por isso, precisam desenvolver estratégias para lidar com as situações de estresse. E a positividade pode ser uma característica chave nesse processo. É o que aponta uma pesquisa desenvolvida na UFMG. 

Ouça reportagem de Vanessa Bugre