Notícias Externas

Pressão e cansaço influenciam cobrança de pênaltis

Pesquisa da UFV estuda fatores que podem colocar em risco as tentativas de gol

Afinal, pênalti é sorte ou treino?
Afinal, pênalti é sorte ou treino? © Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Começa neste fim de semana a fase de mata-mata da Copa. A partir dessa etapa, os jogos podem vir a ser decididos nos pênaltis em caso de empate no tempo regulamentar e na prorrogação. A imagem dos pênaltis na decisão da Copa do Mundo de 94, Brasil x Itália, que fez da seleção brasileira tetracampeã mundial, ainda é lembrada por muitos fãs de futebol. 

Mas, afinal, pênalti é sorte ou treino? Pesquisa da Universidade Federal de Viçosa comprova que a posição do goleiro e as situações de alta pressão e cansaço provocadas pelo jogo podem ter influência direta na conversão das cobranças.

Ouça a reportagem de Isabela Abalen