Notícias Externas

Vereadores de BH querem proibir leis que tratem de gênero na educação

Proposta de emenda à Lei Orgânica tramita na Câmara Municipal de Belo Horizonte

Debate bloqueado nas escolas

MDS | Reprodução

A proposta de emenda à Lei Orgânica nº 3/2017, em pauta na Câmara Municipal de Belo Horizonte, quer proibir a tramitação de qualquer projeto que trate de política educacional que inclua os termos gênero ou orientação sexual". Criado por vereadores da bancada cristã, o texto defende que nenhuma discussão sobre esses temas seja incluída nas leis relativas à educação na cidade. 

Na coluna de Educação, veiculada no Jornal UFMG desta segunda-feira, 5, o professor da Faculdade de Educação da UFMG, Marcus Taborda, criticou a proposta, que considerou antidemocrática.

Ouça a conversa com o jornalista Vinicius Luiz