Notícias Externas

Publicação reúne relatos de 20 autoras negras brasileiras

Organizadora da obra falou sobre livro em entrevista ao programa Universo Literário, no Dia da Consciência Negra

.
. Reprodução

Noventa e três por cento da comunidade literária brasileira é composta de autores brancos. E, desse percentual, 72% são homens, dados que foram revelados por um estudo da Universidade de Brasília (UnB). 

Esses dados nos levam a refletir sobre o porquê dessa falta de representatividade de autoras e autores negros no cenário da literatura nacional.

Foi esse questionamento que motivou a escritora Karine Bassi, fundadora da editora independente Venas Abiertas, na busca por autoras negras para compor a coletânea Raízes – Resistência Histórica

A obra reúne textos de 20 escritoras, de vários estados brasileiros, que relatam suas vivências e se apresentam como resistência à sociedade racista e patriarcal em que vivem, por meio da literatura.

No programa Universo Literário, da Rádio UFMG Educativa, Karine Bassi falou sobre a obra e sobre a presença da mulher negra no cenário literário brasileiro. 

A entrevista foi ao ar nesta terça-feira, 20 de novembro, Dia da Consciência Negra.

Ouça a conversa com Michelle Bruck

O livro Raízes – Resistência Histórica pode ser comprado na página Coletânea Raízes no Facebook.

Produção de Maitê Louzada, sob orientação de Hugo Rafael e Luíza Glória