Notícias Externas

Rejeitos da barragem de Brumadinho atingem o Rio São Francisco

Constatação está em relatório divulgado pela Fundação SOS Mata Atlântica, no Dia Mundial da Água

Rio Paraopeba, após o rompimento da barragem de rejeitos da Vale, em Brumadinho
Rio Paraopeba, após o rompimento da barragem de rejeitos da Vale, em Brumadinho Foto: Gaspar Nóbrega/SOS Mata Atlântica

Relatório divulgado pela Fundação SOS Mata Atlântica constata a contaminação do Rio São Francisco por rejeitos da barragem de Brumadinho. No trecho a  partir do Reservatório de Retiro Baixo, entre os municípios de Felixlândia e Pompéu, até o Reservatório de Três Marias, no Alto São Francisco, a água é imprópria para uso da população. 

Os dados mostram que o Reservatório de Retiro Baixo, em Curvelo, retém o maior volume dos rejeitos de minério carregados pelo Paraopeba. Apesar das medidas tomadas para evitar que os rejeitos atingissem o rio São Francisco, os contaminantes mais finos já são percebidos nas análises.

Ouça reportagem de Alessandra Ribeiro