Notícias Externas

Truco Eleições 2018: dados sobre feminicídio estão corretos?

Projeto checa trecho do plano de governo do candidato ao governo de Minas pelo PSTU, Jordano Metalúrgico

Mulheres fazem caminhada em solidariedade às manifestações feministas na América Latina, que tem países com alta taxa de feminicídio, segundo a ONU
Mulheres fazem caminhada em solidariedade às manifestações feministas na América Latina, que tem países com alta taxa de feminicídio, segundo a ONU Fernando Frazão/ Agência Brasil

A frase desta quarta-feira (12) é do candidato ao governo de Minas, Jordano Metalúrgico (PSTU). O trecho consta no plano de governo do candidato, disponível no site do TSE. O texto afirma que: “em 2015, foram 335 casos de feminicídio, em 2016 foram 397 casos e em 2017 foram 433 casos em Minas, um aumento de 9%, sendo que em 2017 a média desse crime foi de 1,1 por dia no estado”. O projeto Truco Eleições 2018 checou essa informação. 

Ouça resultado da checagem com o jornalista da Agência Pública Bruno Fonseca