Notícias Externas

100 dias de Vélez foram suficientes para desmonte do MEC, avalia colunista

Ricardo Vélez foi demitido hoje do Ministério. Novo ministro será economista Abraham Weintraub

Gestão de Ricardo Vélez foi marcada por polêmicas como a recomendação para leitura de slogan de Bolsonaro nas escolas
Gestão de Ricardo Vélez foi marcada por polêmicas como a recomendação para leitura de slogan de Bolsonaro nas escolas Marcello Casal Jr I Agencia Brasil

Os menos de 100 dias de Vélez no Ministério da Educação (MEC) foram o suficiente para o desmonte de políticas públicas em andamento na pasta. É o que afirma o colunista de Educação, professor da Faculdade de Educação da UFMG, Luciano Mendes, que avaliou o período do filósofo Ricardo Vélez a frente do MEC. Ele também comentou a nomeação de um economista para o cargo.

Ouça a conversa com o jornalista Vinicius Luiz