Pesquisa e Inovação

Pesquisa analisa estratégias textuais das redações nota 1000 no Enem

Trabalho de pós-graduação defendido na Faculdade de Letras é tema no novo episódio do ‘Aqui tem ciência’, da Rádio UFMG Educativa

Texto da redação do Enem é predominantemente argumentativo
Texto da redação do Enem é predominantemente argumentativo Foto: Andrea Piacquadio | Pexels

A construção da argumentação nas redações que alcançam a nota máxima no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi objeto de estudo da pesquisadora Bruna Cohen, que concluiu o mestrado no Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos da Faculdade de Letras da UFMG em 2022. Ela analisou provas de redação na edição de 2019 do exame, cujo tema foi a democratização do acesso ao cinema no Brasil.

A autora constatou que a argumentação nas redações analisadas é realizada não apenas por meio de sequências argumentativas, mas também por meio de sequências explicativas e descritivas. A textualização argumentativa, processo de construção do texto com o objetivo de defender um argumento principal, envolve, ainda, a argumentação por autoridade e recursos coesivos.

“Os textos vão ser formados por sequências que têm outras sequências menores inseridas. É essa ‘dança’ e esse jogo de diversas sequências, não necessariamente apenas argumentativas em um texto predominantemente argumentativo, que vão formar essa textualização”, explica. 
 
Na avaliação da autora, o trabalho, orientado pela professora Regina Lúcia Péret Dell’Isola, da Faculdade de Letras, contribui para o entendimento dos modelos considerados ideais do ponto de vista crítico e técnico pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela aplicação da prova, o que pode auxiliar professores na preparação dos estudantes para um bom resultado. 

O bom desempenho no Enem é decisivo para o acesso dos estudantes a instituições públicas de ensino superior, uma vez que a nota obtida no exame é usada na classificação do Sistema de Seleção Unificada do Ministério da Educação (Sisu). Em 2023, as provas do Enem serão realizadas nos dias 5 e 12 de novembro.

Ouça o episódio do Aqui tem ciência:


Raio-x da pesquisa

Título: A textualização argumentativa de redações nota 1000 do Enem

O que é: dissertação de mestrado que apresenta análise de provas de redação avaliadas com nota máxima na edição de 2019 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), com o objetivo de examinar como foi construído o processo de argumentação em tais textos.

Autora: Bruna Amarante de Mendonça Cohen

Programa de Pós-graduação: Estudos Linguísticos

Orientadora: Regina Lúcia Péret Dell'Isola

Bruna Cohen: trabalho pode auxiliar professores na preparação dos estudantes para a redação do Enem
Bruna Cohen: trabalho pode auxiliar professores na preparação dos estudantes para a redação do Enem Foto: Nitro Histórias Visuais

O episódio 163 do Aqui tem ciência tem produção e apresentação de Bella Corrêa, edição de Alessandra Ribeiro e trabalhos técnicos de Cláudio Zazá. O programa é uma pílula radiofônica sobre estudos realizados na UFMG e abrange todas as áreas do conhecimento. A cada semana, a equipe da Rádio UFMG Educativa apresenta os resultados de uma pesquisa desenvolvida na Universidade.

O programa vai ao ar na frequência 104,5 FM e na página da emissora, às segundas, às 11h, com reprises às sextas, às 20h, e pode ser acompanhado também em aplicativos de podcast, como o Spotify