Notícias Externas

Previdência pode ser votada hoje na a CCJ

Governo aceita recuar em alguns pontos. Saiba como ficam as regras de transição para quem já trabalha

Comissão de Constituição e Justiça
Comissão de Constituição e Justiça Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Proposta de Emenda à Constituição que muda as regras da previdência pode ser votada hoje (23), na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados (CCJ). A sessão está marcada para às duas e meia da tarde. Em acordo para garantir a votação, o governo se comprometeu a retirar alguns pontos incluídos na PEC, como o fim do abono salarial para quem ganha mais de um salário mínimo e o fim da multa de 40% do FGTS, Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, para quem se aposenta e continua no emprego. A votação na CCJ é o primeiro passo da tramitação do texto, em que se reconhece a admissibilidade da proposta.

A proposta de reforma da previdência apresentada pelo governo federal traz regras de transição que valem para quem ainda não atingiu os requisitos necessários para se aposentar, mas já está no mercado de trabalho e é contribuinte. 

Ouça reportagem de Samuel Sousa