Extensão

Projeto recruta professores para cursos destinados a pessoas carentes

Desde 2010, Projeto Incluir estimula a troca de conhecimento por meio do trabalho voluntário

Iniciado em 2010, o Projeto Incluir tem a ideia de estimular a troca de conhecimento por meio do trabalho voluntário, com foco na oferta de aulas, destinadas a pessoas carentes. Os voluntários trabalham aos sábado, ministrando aulas de disciplinas presentes em seis áreas do conhecimento: idiomas, exatas, gestão, informática, artes e extensão. Cada curso dura um semestre.

Na noite desta quinta-feira, 8, será realizada uma reunião para apresentação do Projeto Incluir e para a inscrição de novos voluntários. O encontro será às 18h30, na sala 2004 da Escola de Engenharia da UFMG.

O fundador do Projeto Incluir, professor Francisco Vidal Barbosa, concedeu entrevista sobre o trabalho que tem sido desenvolvido ao programa Expresso 104,5, da Rádio UFMG Educativa, nesta quinta-feira.

Ouça a conversa com Filipe Sartoreto

Os voluntários receberão um treinamento no dia 17 de fevereiro. Outras informações podem ser consultadas no site ou na página do projeto no Facebook.

Incluir: foco na oferta de aulas para pessoas carentes
Incluir: foco na oferta de aulas para pessoas carentes Divulgação / Projeto Incluir