Notícias Externas

Lilia Schwarcz lança livro que reúne verbetes sobre ‘escravidão e liberdade’

‘Dicionário da escravidão e liberdade: 50 textos críticos’ foi organizado pela historiadora e pelo professor Flávio dos Santos Gomes

.
. Reprodução

Em maio de 1888, foi assinada a Lei Áurea, que aboliu a escravidão após mais de 300 anos de exploração do trabalho de pessoas negras no Brasil. No próximo domingo, 13, completam-se 200 anos da abolição da escravatura no país, que recebeu entre 38% e 43% do total de africanos que saíram forçadamente de seu continente.

Marcas da escravidão ainda estão presentes no Brasil até os dias de hoje, e o racismo segue como fator estrutural no país, moldando relações. A escritora, professora e historiadora Lilia Schwarcz e o também professor e escritor Flávio dos Santos Gomes organizaram o Dicionário da escravidão e liberdade: 50 textos críticos.

A obra reúne verbetes escritos pelos principais especialistas do tema em atuação no Brasil e no exterior. Os 50 verbetes abordam temas como a chegada dos africanos escravizados ao Brasil, os quilombos, as rebeliões e a abolição da escravatura.

Nesta sexta-feira, 11, o programa Universo Literário, da Rádio UFMG Educativa, falou sobre a obra em entrevista com a escritora e historiadora Lilia Schwarcz.

Ouça a conversa com Michelle Bruck
O Dicionário da escravidão e liberdade é lançado no mês que marca os 200 anos da abolição da escravidão no Brasil, e é uma publicação da Companhia das Letras.